segunda-feira, 4 de junho de 2012

E quando ele sorriu, eu percebi. Eu percebi que eu estava na merda. (Tati B.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário